martes, octubre 27, 2020

Indianápolis 500 terá transmissão para o Brasil em três canais com TV aberta

O fã brasileiro de Fórmula Indy terá um dia especial neste domingo (23): é a data em que acontece as 500 Milhas de Indianápolis, principal prova da temporada e que chega a sua 104ª edição.

O telespectador brasileiro poderá assistir à corrida ao vivo e terá três opções para torcer pelos compatriotas Tony Kanaan e Hélio Castroneves, campeão e tricampeão, respectivamente, do Maior Espetáculo das Corridas.

A prova deste domingo será a primeira da temporada da Indy com transmissão ao vivo por TV aberta em rede nacional para o Brasil. A corrida será exibida pela Band a partir das 15h15. O Bandsports, canal por assinatura especializado em esportes do Grupo Bandeirantes, também mostra a prova ao vivo, com abertura da transmissão no mesmo horário. A Indy 500 também poderá ser assistida ao vivo pelo serviço de streaming DAZN, que abre os trabalhos para a corrida às 15h30.

Assim como os treinos livres e classificatórios para as 500 Milhas, a preparação do fã para a prova começa bem antes da largada. No Bandsports, a programação voltada à Fórmula Indy inicia às 12h. O pré-corrida inclui a exibição do programa Supermotor, a partir das 14h30. No DAZN, já estão disponíveis para os assinantes materiais especiais dedicados às 500 Milhas de Indianápolis, que também terá a presença do bicampeão mundial de Fórmula 1 Fernando Alonso.

A transmissão nos canais do Grupo Bandeirantes terá narração de Celso Miranda e comentários de Paulo Carcasci e Ricardo Molina. Pelo DAZN, a narração será de André Duek com comentários de Matheus Leist, que correu nas duas últimas edições da Indy 500 e foi o segundo melhor estreante da prova de 2018.

Sem público, mas nem tanto

As 500 Milhas de Indianápolis serão disputadas de portões fechados para o público pela primeira vez em sua história. Mas se os fãs não podem ir à prova, ela deu um jeito de ir até seus fanáticos torcedores. Neste sábado (22), após o encontro dos pilotos, os 33 competidores visitaram casas de fãs que moram perto do autódromo e que há muitos anos não deixam de assistir a corrida das arquibancadas.

Uma das pessoas visitadas, Brenda Hamm, que estava há 16 anos consecutivos sem perder a corrida, se disse surpresa. “Vivo aqui há mais de 30 anos, já estacionei carros e fiz café da manhã para as pessoas na corrida, mas isso…”, declarou. O pole position Marco Andretti, que será o primeiro membro de sua família a largar na pole em 33 anos, brincou com a situação: “vamos voltar para o jantar”, divertiu-se.

Texto: Geferson Kern / colaborador Brasil do IndyCarLatinos.com

Latest Posts