domingo, octubre 25, 2020

Alonso e Johnson, duas lendas a caminho da Indy

Texto: Geferson Kern, colaborador Brasil do IndyCarLatinos.com

Eles realizaram uma inusitada troca de carros de suas categorias de origem em 2018, no circuito do Bahrein. Agora, seus destinos podem se cruzar outra vez – e no templo máximo do automobilismo mundial.

Estamos falando de Fernando Alonso e Jimmie Johnson, duas lendas de seus mundos (Fórmula 1 e Nascar, respectivamente) e que foram seduzidos pela magia de Indianápolis e da Fórmula Indy.

Alonso vai tentar pela terceira vez vencer as 500 Milhas de Indianápolis e conquistar a tríplice coroa, que engloba também o Grande Prêmio de Mônaco de Fórmula 1 e as 24 Horas de Le Mans (em ambas, ele possui duas conquistas). O carro com que o espanhol perseguirá a missão em 2020 foi apresentado hoje (30) por sua equipe, a Arrow McLaren SP.

“Estou muito feliz em finalmente ver o carro com que eu vou correr na Indy 500. Precisamos esperar mais do que o habitual para mostrar a pintura, mas isso significa que os motores já estão prestes a roncar em Indianápolis”, declarou o hispânico, que será patrocinado pela Ruoff Mortgage.

“Em 2017, Fernando provou que ele pode não só competir na prova, mas lutar pela vitória”, disse o coproprietário da Arrow McLaren SP, Sam Schmidt. Naquele ano, Alonso não disputou o GP de Mônaco de Fórmula 1 para competir na maior prova do planeta, onde liderou 27 voltas antes de abandonar com um motor quebrado.

A McLaren também seria a casa do primeiro teste de Jimmie Johnson pela Indy. Na pré-temporada deste ano, em Austin, ele visitou os boxes e agendou um teste com a equipe. A pandemia da covid-19, porém, mudou os planos de todos. Mas não afetou a vontade de JJ48 de acelerar um carro da categoria.

Em suas redes sociais, o maior campeão da Nascar na história (ao lado de Richard Petty e Dale Earnhardt) anunciou que vai testar um carro da Fórmula Indy na próxima semana, dia 8 de julho, no circuito misto de Indianápolis. A equipe escolhida, no entanto, não foi a McLaren, mas a Chip Ganassi, 12 vezes campeã da categoria.

“Estamos ansiosos para dar a Johnson uma oportunidade num carro da Indy. Talvez possamos ter o Scott Dixon presente para lhe dar algumas dicas”, declarou o dono da equipe, Chip Ganassi, em alusão a uma possível presença no teste de seu piloto cinco vezes campeão da IndyCar.

A preparação de Johnson já inclui exercícios físicos específicos para os carros da Indy, mais rápidos que os da Nascar e sem direção assistida. O heptacampeão está em seu ano de despedida na categoria de stock cars e já anunciou que pretende participar de corridas da Fórmula Indy em circuitos mistos.

Como com qualquer competidor, seja estreante ou consagrado, sempre que Alonso e Johnson decidirem vir ao mundo mítico da Indy e de Indianápolis, serão muito bem-vindos. E terão um desafio duro pela frente.

Latest Posts

Kiko Porto vence primeira na USF2000 em dia de dobradinha brasileira

Texto: Geferson Kern / colaborador Brasil do...

Herta sigue afilado con su ritmo y dominó los entrenamientos en St Petersburgo

Colton Herta continuó su fuerte forma de...

Sato renueva con Rahal Letterman Lanigan Racing

Rahal Letterman Lanigan Racing anunció este sábado...