jueves, octubre 29, 2020

Alonso reafirma desejo de vencer em Indianápolis antes de voltar à F1

*Com informações de Racer.com

Texto: Geferson Kern, colaborador Brasil do IndyCarLatinos.com

Estreante do ano nas «500 Milhas de Indianápolis» de 2017, Fernando Alonso afirmou que está focado em vencer a prova e conquistar o sonho da Tríplice Coroa antes de retornar à Fórmula 1.

O anúncio da volta do espanhol à categoria foi feito hoje. A partir de 2021, ele defenderá a Renault, mesma equipe pela qual conquistou o bicampeonato mundial em 2005 e 2006.

Ao site Racer.com, Alonso disse sobre a Indy 500 que “esse ano, é a principal prioridade – eu tenho apenas essa prova [para correr]”, destacou. “Estou 100% comprometido. Obviamente é uma corrida muito especial e que vai ser ainda mais especial nesse ano pela falta de preparação”, afirmou, em referência às dificuldades causadas pela pandemia da covid-19.

“Normalmente, você tem dois ou mais testes e alguns dias no simulador. Neste ano, não haverá nada. Estou com problemas até para viajar aos EUA em agosto, então será mais imprevisível do que nunca. Mas estou de feliz de poder ir lá e sentir à velocidade”, afirmou, em relação à data das 500 Milhas de Indianápolis, prevista para ser realizada em 23 de agosto.

Alonso, que no último ano viveu o drama de não conseguir se classificar para a prova, correrá mais uma vez em Indianápolis pela McLaren, sua última equipe na Fórmula 1 e que esteve com ele nas duas tentativas realizadas até agora na maior corrida do planeta. O carro, que outra vez levará o número 66, foi apresentado no último mês.

Ele será companheiro de Pato O’Ward e Oliver Askew, que disputam a temporada completa da Fórmula Indy pelo time de origem neozelandesa. O foco na vitória e o trabalho ao lado do time papaya devem fazer com que o espanhol comece a trabalhar com seu novo time apenas depois de voltar de Indy.

“Acho que até setembro não iniciaremos o trabalho de fato”, comentou Alonso. “Mas tentaremos dividir as prioridades tendo em mente a meta final, que é 2021”.

A ida de Fernando a Renault não significa o fim de suas idas a Indianápolis: a equipe já confirmou permitir ao piloto que dispute provas fora da Fórmula 1 quando não houver conflito de datas. Ou seja: se Alonso não vencer a 104ª edição das 500 Milhas, há chances de que busque outra vez uma vaga entre os 33 melhores em 2021.

Latest Posts

Felix Rosenqvist se une a Arrow McLaren SP para 2021

Felix Rosenqvist se unirá a Arrow McLaren...

Ericsson renueva asociación con Chip Ganassi Racing para 2021 y más allá

Marcus Ericsson regresará al auto No. 8...

Honda liga tercer Campeonato de Fabricantes consecutivo

Para Honda Performance Development, la temporada 2020...