domingo, enero 17, 2021

Categoria de acesso da Indy terá equipe voltada à inclusão de afro-americanos no esporte com apoio da Penske

Texto: Geferson Kern / colaborador Brasil do IndyCarLatinos.com

*Baseado em texto original de IndyCar.com

O empresário e ex-chefe de equipe afro-americano Rod Reid anunciou nesta quinta-feira (3) a formação da Force Indy, equipe que vai estrear em 2021 na USF2000, categoria de acesso à Fórmula Indy e que integra o sistema Road to Indy.

O foco da equipe será a contratação e desenvolvimento de homens e mulheres afro-americanos, sejam mecânicos, engenheiros, pilotos ou membros do staff. O time ficará sediado na cidade de Concord, na Carolina do Norte, próximo a Mooresville, no mesmo estado, onde fica a sede da multicampeã Penske, que fará uma mentoria ao novo time.

“Quando a aquisição da Indy e do Indianapolis Motor Speedway aconteceu, há um ano, eu estava satisfeito em saber do trabalho que Rod Reid vinha fazendo”, disse Roger Penske, proprietário do autódromo, da categoria e do time que leva seu sobrenome.

“É natural apoiarmos um esforço como esse. Juntos, vamos trabalhar não só para erguer essa equipe, mas continuar a apoiá-la em sua missão enquanto ela segue seu caminho para competir em alto nível”, continuou. A iniciativa é parte do Race for Equality & Change (Corrida pela Igualdade e a Mudança, em tradução livre), ação da Indy que visa a inclusão de minorias no esporte na categoria e no autódromo de Indianápolis.

O fundador do time, Rod Reid, expandiu recentemente uma parceria com a NXG Youth Motorsports, que já introduziu mais de 2,3 mil estudantes dos 11 aos 15 anos, de comunidades com baixa representatividade, aos benefícios educacionais do esporte.

Rod Reid, Doug Boles, Roger Penske e membros da NXG Youth Motorsports
Rod Reid, Doug Boles, Roger Penske e membros da NXG Youth Motorsports

“Comecei uma equipe de corridas em 1984 e sempre tive o desejo de ter uma equipe com talentos individuais que se pareçam comigo em níveis profissionais do esporte”, declarou. “Estou no esporte há 40 anos e esse é o resultado de vários anos de trabalho duro”.

A equipe utilizará o carro #99 na USF2000 em 2021 em honra a Dewey “Rajo Jack” Gatson, que pilotava um carro com o mesmo número em 1951. Gatson é considerado um dos homens mais vencedores entre pilotos ou mecânicos afro-americanos na história, mas nunca teve a oportunidade de disputar as 500 Milhas de Indianápolis.

O piloto do carro e os patrocinadores serão anunciados posteriormente.

Latest Posts

Celebrando al único e inigualable Super Tex

Texto de Curt Cavin para INDYCAR.com

Marco Andretti anuncia que deixa a Indy em tempo integral em 2021

Texto: Geferson Kern/Colaborador Brasil do IndyCarLatinos.com

Hunter-Reay firma extensión de contrato con Andretti Autosport

Después de celebrar más de 10 años...

GP de St. Petersburg pasa al 25 de abril

Los oficiales de INDYCAR han anunciado que...