lunes, octubre 19, 2020

Cinco fatos da incrível prova 1 de Iowa

A primeira prova do fim de semana de rodada dupla da Fórmula Indy, em Iowa, já trouxe muita história para contar. Marcas quebradas e mantidas, muitas ultrapassagens e a segurança dos pilotos devidamente preservada. Confira abaixo cinco fatos que o IndyCarLatinos.com separou para você sobre a prova desta sexta-feira (17):

Primeira da Penske na Era Penske

A vitória de Simon Pagenaud na prova 1 em Iowa foi a primeira da Penske desde que seu fundador e proprietário, Roger Penske, assumiu o comando da Fórmula Indy e do Indianapolis Motor Speedway. Até então, todas as provas disputadas na nova Era Penske da IndyCar haviam sido vencidas justamente pelo time arquirrival de sua escuderia nos últimos 30 anos, a Chip Ganassi.

Surpresa na pole

Rodada dupla inédita para a pista de Iowa, sistema de classificação inédito para a Fórmula Indy, pole inédita para Conor Daly. O americano, que se divide entre a equipes Carpenter e Carlin na atual temporada, marcou para a corrida 1 do fim de semana a primeira pole dele e do time de Trevor Carlin na categoria. Até hoje, a melhor posição de largada de Daly numa prova da Indy havia sido um sétimo lugar, em Toronto 2016.

Mais de 100

Apenas dois carros que disputaram a prova, ambos da equipe McLaren, realizaram mais de 100 ultrapassagens na primeira prova da rodada de Iowa. Oliver Askew, terceiro colocado, fez 53 ultrapassagens em pista, uma a menos que seu companheiro de equipe, Pato O’Ward, que chegou logo atrás na classificação. Foi o segundo pódio consecutivo do time em sua volta à categoria em tempo integral.

Pode pedir música

No Brasil, é costume que um jogador de futebol que marque três gols num mesmo jogo possa escolher uma música de sua preferência em um famoso programa dominical de TV.

Na prova 1 de Iowa, tal máxima aplica-se ao Aeroscreen: ele protegeu a cabeça de Will Power quando um pneu solto passou muito próximo de seu capacete, evitou que o bico do carro de Colton Herta, que decolava, atingisse o capacete de Rinus VeeKay e impediu que um detrito desse mesmo acidente chegasse ao cockpit de Marcus Ericsson, que tentava desviar da batida. A inovação de segurança promovida pela Indy nesta temporada mostrou sua importância e eficiência.

Maldição mantida

A Fórmula Indy disputou nesta sexta-feira em Iowa sua 14ª pista no oval curto mais rápido do mundo. E pela 14ª vez, a vitória não ficou com o piloto que largou na pole position. Como se não bastasse, o vitorioso, Simon Pagenaud, foi o competidor que largou da 23ª e última posição. Para repetir a dose neste sábado, o francês precisará de escalada idêntica, já que voltará a largar em último na prova derradeira da rodada dupla.

Latest Posts