domingo, octubre 25, 2020

Homenagem aos brasileiros e novidades no Aeroscreen: os fatos da Indy em Iowa

A Fórmula Indy disputa sua 5ª e 6ª etapas de 2020 nesta sexta-feira (17) e sábado (18), em rodada dupla em Iowa.

A prova será marcada por homenagens a dois brasileiros: Tony Kanaan, que está em sua temporada de despedida e fará sua prova derradeira no oval curto; e Hélio Castroneves, que venceu a última prova de sua carreira até hoje na Indy na mesma pista, em 2017.

Confira a seguir cinco fatos para ficar de olho nas provas deste fim de semana, entre eles uma novidade trazida pela IndyCar no Aeroscreen:

A pista dos sonhos

No filme “Campo dos Sonhos”, de 1989, indicado ao Oscar de Melhor Filme, o personagem Joe Jackson, interpretado por Ray Liotta, pergunta ao fazendeiro Ray Kinsella (Kevin Costner), ao chegar em certo lugar, se ele estava no paraíso. “Não. É Iowa”, responde o fazendeiro.

Para alguns pilotos do grid da Fórmula Indy, o circuito de Iowa (estado americano onde fica a cidade de Newton, em que a pista está sediada) é mesmo o paraíso. Entre eles, dois que tentam entrar na briga pelo campeonato. 

Um deles é Josef Newgarden, que terminou entre os quatro primeiros em cinco das últimas seis provas na short track mais rápida do mundo. Na última vez que figurou fora desse grupo, em 2017, o atual vencedor da corrida ainda chegou em sexto. 

Ryan Hunter-Reay, da Andretti, é outro apaixonado pelo circuito. Ele já venceu três provas lá e foi ao pódio no circuito em cinco das últimas oito etapas. “As corridas noturnas em Iowa sempre foram algumas das melhores da Indy”, empolga-se o veterano.

A evolução do aeroscreen

Depois de ter sido testada em três carros nos treinos do último fim de semana, em Elkhart Lake, uma versão modificada do sistema de resfriamento do aeroscreen será usada em todos os carros neste fim de semana, em Iowa. Para esta rodada, cada equipe recebeu uma versão de uma nova entrada de ar, para ser usada nos treinos livres, classificação e corridas.

A nova entrada de ar fica anexada na parte superior do aeroscreen e foi projetada para aumentar o fluxo de ar, o que acelera o ar que circula no interior do cockpit.

“Descobrimos que o excesso de calor dentro do carro não é apenas por conta da temperatura ambiente do cockpit em conjunto com a temperatura externa, mas pela falta de circulação de ar dentro do cockpit”, disse o presidente da IndyCar, Jay Frye. “A nova peça realmente adiciona mais fluxo de ar dentro do carro”.

As equipes ainda poderão usar um segundo duto de resfriamento, enquanto um mecânico adicional nos pit stops também poderá auxiliar os pilotos e alcançar água fresca a eles para consumo durante a parada. Frye ressaltou que o aeroscreen e seus dutos de refrigeração, como a nova entrada de ar, ainda estão em desenvolvimento. 

“Estamos empolgados para ver como ele funciona, sabendo que ainda não é o produto final”, encerrou.

Oito vezes Penske

As duas provas de 250 voltas no fim de semana em Iowa serão apenas parte de um fim de semana agitado para a equipe Penske, que vai envolver 13 pilotos em disputa – entre eles o trio da Indy, com Newgarden, Will Power e Simon Pagenaud – em oito provas em diferentes categorias pelo mundo.

Essa será a única vez neste ano que todas as cinco operações de competição da Penske estarão em ação num mesmo fim de semana. Um fato digno de nota, se considerarmos todos os reagendamentos de corridas necessários em função da pandemia da covid-19 e que envolvem quatro órgãos diferentes de sanção de provas (IndyCar, Nascar, IMSA e Supercars).

Eis alguns números do fim de semana da Penske:

  • 5 – Categorias diferentes em que a Penske compete
  • 8 – Corridas sendo disputadas neste fim de semana
  • 13 – Pilotos que competem em carros da Penske. Eles somam 256 das 556 vitórias da equipe na história (46,13%)
  • 33,1 – Idade média dos pilotos da Penske que competirão neste fim de semana
  • 352 – Número total de pneus que serão usados por todas as operações da Penske neste fim de semana, o equivalente a 88 jogos de pneus
  • 24.582 – Número de milhas percorridas pelos 26 motoristas dos 13 caminhões de transporte da Penske, que levam os equipamentos ao local de cada corrida (equivalente a 39.552 km)
  • 39.010 – Milhas aéreas necessárias para assistir todas as corridas, se você decolar da sede da Penske em Mooresville, no estado da Carolina do Norte (equivalente a 62.767 km)

As homenagens a Kanaan e Castroneves

Dois dos pilotos mais populares da história recente da Fórmula Indy serão os homenageados especiais para a rodada dupla de Iowa. 

Tony Kanaan, campeão em 2004 e vencedor das 500 Milhas de Indianápolis em 2013, será homenageado na sexta-feira (17). O vencedor da prova de Iowa em 2010 dará a ordem para ligar os motores antes da largada de dentro do seu carro.

No sábado (18), a mesma honra caberá ao vencedor da corrida em 2017, Hélio Castroneves. O tricampeão das 500 Milhas de Indianápolis, que ganhou mais de 30 corridas na Fórmula Indy, venceu sua última prova na carreira até hoje justamente no pequeno oval. 

Castroneves fará um vídeo especial para os cerca de 5.000 fãs autorizados a estar nas arquibancadas e dará o comando de ligar os motores à distância. Afinal, neste fim de semana, ele estará na pista de Sebring, na Flórida, onde disputará uma prova do campeonato da IMSA.

De volta à ativa

Ed Carpenter terminou em quinto lugar em sua estreia na temporada 2020, no Texas. Em Iowa, ele volta ao comando do carro de sua própria equipe, após ter cedido sua vaga nos dois últimos fins de semana para Conor Daly, para as provas em circuito misto do GP de Indianápolis e da rodada dupla em Elkhart Lake.

Carpenter competirá com as cores da US Air Force (Força Aérea Americana), que Daly utiliza nos circuitos mistos. Ele se diz animado para continuar de onde parou no Texas e, se possível, levar para casa seu primeiro troféu da temporada.

“Todos os anos fico empolgado para correr em Iowa. É uma pista muito legal, com algumas das melhores corridas em cada temporada. Ter uma rodada dupla neste ano vai torná-la ainda melhor”, disse o americano. “Tenho vontade de vencer esta prova há muito tempo e estou determinado a fazer isso acontecer neste ano”. 

Carpenter pode ser um bom candidato à vitória: em 12 largadas em Iowa, terminou seis vezes entre os 10 primeiros. O retrospecto de sua equipe é ainda melhor: o time foi ao pódio em três das últimas quatro provas no pequeno oval.

Latest Posts

Kiko Porto vence primeira na USF2000 em dia de dobradinha brasileira

Texto: Geferson Kern / colaborador Brasil do...

Herta sigue afilado con su ritmo y dominó los entrenamientos en St Petersburgo

Colton Herta continuó su fuerte forma de...

Sato renueva con Rahal Letterman Lanigan Racing

Rahal Letterman Lanigan Racing anunció este sábado...