domingo, octubre 24, 2021

Marco Andretti anuncia que deixa a Indy em tempo integral em 2021

Texto: Geferson Kern/Colaborador Brasil do IndyCarLatinos.com

Atual representante nas pistas de uma das mais tradicionais famílias do automobilismo mundial, Marco Andretti anunciou nesta sexta-feira (15) que não ocupará um cockpit em tempo integral na Fórmula Indy em 2021.

Ele estava na categoria desde 2006, quando perdeu a vitória nas 500 Milhas de Indianápolis na reta de chegada para Sam Hornish Jr., da Penske. Marco, que sempre defendeu a equipe liderada pelo pai, a Andretti Autosport, possui duas vitórias na categoria, em Sonoma 2006 e Iowa 2011. Seu jejum de primeiros lugares já dura mais de 150 corridas.

“Sou afortunado de estar em uma posição na Andretti Autosport de correr a temporada completa da Indy se eu quiser”, afirmou. “Mas, em vez disso, decidi mudar minha direção para fazer algo diferente”, continuou. “Eu, definitivamente, vou seguir pilotando. Ainda tenho uma paixão profunda por isso e tenho negócios inacabados para cuidar e alguns boxes que quero visitar antes de considerar me aposentar como piloto”, disse Marco.

Apesar da retirada temporária, o membro da terceira geração da família Andretti garantiu presença nas 500 Milhas de Indianápolis e pode aparecer em outras provas do calendário.

“Eu continuo faminto para vencer a Indy 500. É nosso grande palco e o lugar que eu sinto que mais rendo como piloto. Conquistar a pole no último ano foi incrível, mas não é o suficiente. Eu talvez corra outras provas da Indy conforme a temporada avançar e também ofereci ajuda para o time para testar e fazer outras atividades”, completou.

Entre as atividades como piloto que pode seguir esse ano, Marco mencionou chances de correr provas de carros de turismo, como a IMSA, como as 24 Horas de Daytona e 12 Horas de Sebring, ou mesmo uma participação nas 24 Horas de Le Mans.

Neto de Mario Andretti e filho de Michael Andretti, Marco, 33 anos, se retira após fazer sua pior temporada na carreira. Apesar da emocionante pole em Indianápolis, ele terminou o campeonato em 20º, com 176 pontos e um décimo lugar como melhor resultado.

A má performance fez seu carro, o #98, ficar fora do grupo dos carros mais bem classificados na temporada, que integram o Leader’s Circle, iniciativa da Indy que distribui US$ 1 milhão para cada um dos 22 carros que mais acumularam pontos ao longo do ano.

Marco, que juntamente com o pai, Bryan Herta e o grupo Curb-Agajanian é sócio do time responsável pelo carro pelo qual competia desde 2018, afirmou que continuará envolvido com a equipe mesmo fora das pistas.

A Andretti, no entanto, não anunciou um substituto ou outros detalhes sobre o que será do carro #98 em 2021. Até agora, o time, que alinhou cinco carros em 2020, tem oficializadas as permanências de Colton Herta, Alexander Rossi e Ryan Hunter-Reay para a próxima temporada.

Latest Posts

Johnson y Grosjean debutan en óvalo de Indianápolis

Jimmie Johnson estaba sentado solo en la...

Takuma Sato y Rahal Letterman Lanigan Racing se separan

Takuma Sato, dos veces ganador de las...

Kyle Kirkwood hace historia con título 2021 de Indy Lights

Kyle Kirkwood se convirtió en el primer...

Kiko Porto y DEForce Racing se coronan en USF2000

Kiko Porto aseguró el título del Campeonato...

Palou y Ganassi honrados en banquete de fin de año de INDYCAR

Álex Palou y Chip Ganassi Racing (CGR)...